sábado, 8 de outubro de 2016

Travel | Paris '16 #2

Paris, Domingo, 2 de outubro. 
A cidade e tão bonita que e ótimo andar a pé e desfrutar da arquitectura e ambiente. Perdemos imenso tempo a tirar fotografias,  mas e impossível resistir. 

Começámos por ir ate a catedral Notre Dame e aproveitar para tirar muitas fotos. Estava uma fila enorme para entrar, por isso decidimos que entravamos noutro dia se tivéssemos tempo.


Depois de Notre Dame já eram horas de almoço, pelo que fomos indo a pé pelas ruas de Paris e acabámos por almoçar uma sandes e umas batatas fritas deliciosas numa das muitas roulotes ao longo das ruas com o conceito "grab and go". Esta foi sem dúvida a refeição mais económica e sinceramente não foi das piores por isso acho que se tivéssemos feito os almoços todos em roulotes deste género, tínhamos poupado bastante. A questão é que não queremos andar para trás e para a frente para poupar €5 e perder 2h, por isso acabámos por comer um bocado de forma random. Mas voltando ao almoço, uma sandes era enorme, por isso deu para 2 e as batatas dividimos pelas 3. Conclusão: almoçámos por menos de €4.

Concelho nº5: As roulotes espalhadas pelas ruas de Paris têm sandes, cachorros e crepes ótimos que se enquadram muito bem num almoço. Dividam com os vossos parceiros de viagem e vão comer com pouco dinheiro. Sentem-se num banco de jardim e apreciem. Vão ser os melhores almoços.


No fim de almoço fomos desfrutar de um passeio no rio Sena nos famosos barcos Bateaux Mouches. Não comprem estes bilhetes online. No posto de turismo pagamos 10 € (através da companhia Vedettes du Pont Neuf)  e se tivéssemos comprado online teríamos pago 14€. Este passeio vale mesmo muito pena. Apanhámos o barco na Pont Neuf e a viagem durou cerca de 1h, talvez, não me recordo bem porque ia mesmo absorvida por toda a cidade maravilhosa. Ao longo da visita, a guia - com o seu ar completamente parisiense - ia explicando algumas coisas sobre a cidade com curiosidades à mistura. Foi mesmo muito enriquecedor e teria sido mais ainda se o sotaque francês no inglês dela não fosse tão evidente!

Preço da viagem de Bateaux Mouches: 10€.

Conselho nº6: A viagem de Bateaux Mouches ficou mais barata comprando num posto de turismo perto do Louvre em vez de comprarmos online.

No fim da viagem de barco tentámos alugar uma bicicleta para ir até à Torre Eiffel, no entanto, ao contrário de Amesterdão, o aluguer de bicicletas não é feito em pequenas lojas, mas sim em quiosques completamente eletrónicos espalhados pelas cidades. Andar de bicicleta em Paris tinha sido ideal, já que se as pararmos de meia em meia hora em quiosques o aluguer é completamente gratuito. O grande problema é que a única forma de alugar as bicicletas nestes quiosques é tendo cartão de crédito. Mesmo não existindo um pagamento, temos de ter um cartão associado ao nosso aluguer para caso danifiquemos a bicicleta eles terem onde ir buscar a caução.

Conselho nº7: Levem cartão de crédito para poderem andar de bicicleta pela cidade.


Posto isto, acabámos por ir a pé até à Torre Eiffel. 
No caminho passámos por uma igreja de arquitetura peculiar, pela Place de la Concorde que é mesmo gigante, pela igreja de Santa Madalena e pela ponte Alexandre III, que é linda de morrer.   


Já me tinham dito que era mágico passear por Paris, dobrar uma esquina e dar de caras com a monstruosidade da Torre Eiffel. Confesso que já estava a perder a esperança de nos acontecer esse momento, até que, dobrámos uma esquina e o que nos apareceu foi exatamente isto:


Ficámos ali imenso tempo a adorar o cenário e a tentar tirar a fotografia perfeita que retratasse o momento da forma mais fiel ao que tínhamos visto.


Depois entrámos na zona da Torre Eiffel e comprámos bilhete para subir de elevador até ao topo.

Preço do bilhete para subir ao topo da Torre Eiffel de elevador: €17,00. Pela internet vimos e era o mesmo preço. Até aos 24 anos (inclusivé) não se paga.

Subir a torre é mágico!
Desengane-se quem diz que a vista da Torre Eiffel sobre Paris não é bonita porque não se vê a Torre. Mentira. A vista é linda. E bastou subir ao segundo andar para perceber porque é que chamam a Paris a "cidade das Luzes".

Conselho nº8: Subam até ao topo da Torre Eiffel, vale mesmo a pena.

Há uma coisa que não podem mesmo deixar de fazer quando visitarem a Torre Eiffel: comer um macaron da Lenôtre! Foi o primeiro desta viagem. Comi um de flor de jasmim que foi a coisa mais deliciosa que já experimentei *.* Só de me lembrar, cresce água na boca. Devia ter trazido logo de lá para Portugal, mas tive medo que se estragassem e pensei que encontrasse uma loja Lenôtre noutro ponto da cidade.

Preço dos macarons na Torre Eiffel: €1,90€. É igual em praticamente todo o lado. Experimentem lá, são divinais.

 
Descemos da Torre Eiffel e devemos ter ficado tão anestesiadas com a vista sobre a cidade que tomámos a pior decisão de sempre: ir a pé até casa e comer por lá perto. Isto concretizou-se em mais de 1h a andar a pé e embora a vista durante a caminhada tenha sido linda, chegar perto de um restaurante depois das 23h tornou a tarefa de jantar complicada. Acabámos por jantar no Preamour, uma pizzaria bem perto de casa, por cerca de €18.

 
Mais um dia que correu nesta cidade mágica! Amanhã saberão tudo do 3º dia :)


Vejam o dia 1 em Paris, aqui.

Passatempo a decorrer aqui no blog.
Passatempo a decorrer aqui no instagram.
Passatempo a decorrer aqui no facebook.
 

6 comentários:

  1. Tudo lindo.
    Amei o post.
    Mega beijinho

    http://blogsimplethingsofmylife.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada minha querida :) Um enorme beijinho para ti *

      Eliminar
  2. Bem... por onde começar?!
    Primeiro: a-do-ro o cabelo! Desculpa se ainda não tinha reparado antes, tenho andado longe da blogosfera, como viste o motivo :P
    Segundo: as fotos estão lindas de morrer!
    Terceiro: pois, tenho pena de não ter subido ao topo da Torre Eiffel... as filas eram tão gigantescas, que tivemos de decidir e optámos por não subir para podermos ver mais coisas :(

    um beijinho*
    Dreams and Lemonade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Inês *.*
      O meu cabelo é aquela coisa que eu acho que se destaca, também o adoro :D Até há poucos meses nunca lhe tinha feito nada, apenas o aclarava com uma loção de camomila, mas quis arriscar e gradualmente estou a caminhar para um louro frio :D
      As fotos não têm edição, ainda pensei em mexer-lhes, mas a luz que transmitem é precisamente aquela luz que vi em Paris.
      Tens de lá voltar, subir e comer um macaron :D
      Um grande beijinho*

      Eliminar
  3. Tão linda Xanocas :) tu e as tuas fotos <3

    ResponderEliminar

Obrigada por tomares esta Chávena de Charme!
Os comentários serão respondidos assim que possível, no mesmo post!