domingo, 12 de junho de 2016

Travel | Dois dias em Lisboa ❤

Quem não sabe que sou uma apaixonada pela cidade de Lisboa, não me segue nas redes sociais de certeza.
Na quinta-feira foi dia de, mais uma vez - pelo 3º ou 4º fim-de-semana consecutivo, descer até à nossa capital.
Desta vez foi diferente, fui com o bae, que detesta tudo quanto é cidade grande, principalmente Lisboa, ele embirra especialmente com Lisboa.
A minha missão era simples: convencê-lo que Lisboa é a cidade mais bonita.


Não sei bem o que é que Lisboa tem, mas sei que não sou a única a achar que o tempo lá voa. Podemos planear mil coisas, mas a cidade absorve-nos de tal forma positiva que o tempo voa e acabamos por não conseguir fazer tudo o que tínhamos planeado.

Foram assim, estes dois dias.
Queria levá-lo ao castelo de S. Jorge, ao miradouro das portas do sol, ao arco do cego, a um roof top de um hotel, a Alfama, Bica, Mouraria, Graça. Queria levá-lo a comer nuns 10 sítios diferentes, quando em 2 dias só temos 4 refeições principais e queria sobretudo fazê-lo gostar de Lisboa.

Foi uma missão impossível, porque não deu para tudo, mas foi bem sucedida, porque acho que consegui mostrar-lhe que Lisboa é muito mais e melhor do que ele achava.

Vamos começar com o roteiro? 
Não gosto de ir para Lisboa de carro. Muito menos deslocar-me lá de carro, mas o bae insistiu e fomos de Pombal a Lisboa de carro, pela nacional, e até se fez bem.
A 15 minutos de Lisboa o GPS do carro falhou, pus o do telemóvel e foi o caos completo! Demoramos 1h a fazer o que era suposto fazer em 15 min e porquê? Só me apercebi quando já estávamos em casa, mas tinha o GPS do telemóvel programado para pedonal ahahahaha

Finalmente chegámos a casa da S., que mesmo não estando lá, nos cedeu a sua casa para ficarmos. Já passava das 23h30 e ainda não tínhamos jantado. Definitivamente não estava a começar bem. Mas quando as pizzas chegaram ficou tudo com mais cor e menos drama! A fome não estava a ajudar!

Sexta-Feira

Como não estávamos em hotel não houve aquela pressão de acordar muito cedo por o pequeno almoço encerrar às 10h. As 10h acabaram por ser a hora a que nos levantámos, mas descansar um bocadinho mais do que durante a semana também soube muito bem e ajudou a aguentar as longas caminhadas destes dois dias.

O fim da manhã de sexta-feira foi passado a passear no Cais do Sodré. Como era Dia de Portugal haviam umas exposições engraçadas ao longo do rio.



Uma das poucas coisas que queria fazer e realmente consegui foi almoçar no mercado da ribeira.
Pela primeira vez comi no Prego da Peixaria - o hamburguer Geek - e o bae comeu no Honorato.
Ambos gostámos do que comemos. Os preços não são os mais económicos (cerca de 11€ cada um), mas a comida é boa e o sítio é muito agradável. 


Por decisão do bae, a tarde foi reservada para ir ao zoo.
Já lá não ia há talvez uns 10 anos, não estava muito entusiasmada, mas no fim até gostei do tempo que lá passámos.
Começámos com o espetáculo dos golfinhos, focas e leões-marinhos, que é sempre a coisa mais amorosa deste tipo de parques.
As horas passaram entre leões, ursos, aves, primatas e tantos outros animais que quase já nem me lembrava que existiam.






Rapidamente se chegou a hora de jantar e regressámos à zona de casa - Alameda - para jantarmos com um casal amigo num restaurante simples com cozinha portuguesa, o Açúcar e Canela.
Depois ainda houve vontade para um copo num café ali pertinho do qual gostei muito, o Dejavu.
Acabámos por encontrar um colega que estudou connosco sem contar, e claro que estes reencontros são sempre muito agradáveis.

Sábado

O final da manhã foi passado a contemplar a Avenida da Liberdade, já que íamos almoçar ao Hard Rock Café Lisboa.
A comida lá e tão deliciosa quanto é cara, o que vale é que eu tinha um vale bem generoso que recebi no Bloggers Camp para lá gastar e a coisa ficou mais fácil.
Eu comi um hamburguer Fiesta e o bae um bife daqueles mesmo à homem: grande, alto e meio mal passado!
Se não fosse o vale, tínhamos pago 49€, com o vale pagámos só 9€ e viemos satisfeitos!


Depois de almoço fomos descendo a pé pelo Rossio e Baixa Chiado.
Fomos beber café ao café da Pollux que tem uma vista incrível sobre Lisboa. A primeira foto deste post foi tirada lá.


Depois seguiram-se os Armazéns do Chiado, a Rua Augusta, um "Olá" ao tio Pessoa n'A Brasileira, Terreiro do Paço e tantos mais passeios!




No fim, acho que com alguma reticência, ainda, mas o bae ficou a gostar um bocadinho mais de Lisboa do que dantes.
Eu, se é que isso é possível, a cada dia que lá vou, apaixono-me mais e mais por esta cidade. E vamos ser assim, amantes para a vida.


9 comentários:

  1. Adorei as fotos! E realmente Lisboa tem um encanto que só quem visita percebe, é tão bom passear pelas ruas e descobrir novos locais! <3

    Glamour in a Bottle

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo *.* Mudava-me já! Sonho com isso tantas vezes *.*
      Beijinhos*

      Eliminar
  2. Lisboa tem a cor mais bonita do mundo! Vivi lá três anos e morro de saudades <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu que so la vou assim de fugida fico na mesma a morrer de saudades :) beijinhoa maura :)

      Eliminar
  3. Adoro adoro lisboa!!! :D adoro o prego da peixaria (apesar de nunca ter ido ao do mercado da Ribeira - apesar de adorar o sítio acho que as coisas lá mão têm a mesma qualidade - por ex falo do honorato) :) Faltou-te ir mostrar os mega gelados do santini (adoro!!) ;) e quanto ao zoo achei uma óptima ideia, tive oportunidade de ir ao zoo e ao ocenario nos últimos anos e amei ambos ;)
    Escrevi imensas vezes adorar neste comentário ahaha
    Concordo contigo quando dizes que não dá para fazer tudo em lisboa, estive lá 1 mês e pouco a fazer estágio de verão e fiquei com imensos sítios por ir Ahah

    Mariana Leitao

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes que a minha relação com os gelados da santini é complicada :P Só provei uma vez e não gostei muito. Fiquei tão desiludida que ainda não fui provar outra vez. Acho que posso ter escolhido sabores complicados, mas esperava melhor xD
      O oceanário também estava nos planos, mas não deu tempo e assim já tenho desculpa para o levar lá de novo :D
      Beijinho *

      Eliminar
  4. Muito, muito obrigado querida Xana, pelos comentários que tanto me encheram o coração :')

    Em relação ao autobronzeador, estou mesmo muito satisfeito. Aliás, nunca pensei que pudesse ter uma fórmula tão boa :D

    Fui a Lisboa há pouco menos de um mês e, na minha estadia de 3 dias, ficar a adorar essa cidade que tanta luz transmite. As tuas fotos estão ótimas e deram-me vontade de voltar já :D


    NEW PERSONAL POST | Hey, It’s My Birthday <3
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  5. Lisboa tem os seus encantos que se entranham em nós de uma forma quase hipnótica... eu que nasci e vivi 16 anos da minha vida em Lisboa consigo, sempre que regresso "a casa," descobrir algo novo, um cheiro, uma cor, uma rua. Lisboa a capital do caos, do trânsito, do stress mas sem dúvida que nos conquista com a sua beleza singular... É uma relação de quase amor e ódio...
    Deixa sempre saudades ainda mais quando já foi e continua a ser a nossa casa de coração.
    Gostei muito das fotos e acho que fizeste uma excelente escolha dos locais para visitarem juntos.
    Bjs* querida

    http://closetdadi.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu por acaso estava cheia de dúvidas sobre os locais onde o levar , maaaas... foi o que arranjei ehehe
      Um beijinho grande*

      Eliminar

Obrigada por tomares esta Chávena de Charme!
Os comentários serão respondidos assim que possível, no mesmo post!