terça-feira, 30 de setembro de 2014

CelluBlue | Combate à celulite

Olá minhas queridas, como estão?
Ontem publiquei no facebook do blog uma fotografia de uma garrafa de meio litro de água vazia e disse-vos que hoje contava tudo sobre os motivos pelos quais tive de a beber.
Vamos descobrir porquê? :)

Recebi o CelluBlue pouco antes de ir para Londres, daí não ter podido começar a testá-lo assim que recebi.
E o que é o CelluBlue, perguntam vocês?
CelluBlue é um copo de silicone hipoalergénico que consegue reproduzir os gestos da massagem a vácuo, uma técnica muito eficaz no combate à celulite.
Ora isto significa que podemos combater a celulite no conforto das nossas casas, no horário que melhor nos convier e, melhor de tudo, sem pagar por uma consulta semanal ou o que seja. Investindo no CelluBlue, não precisamos de comprar mais nada para o tratamento e podemos usar o copinho azul vezes incontáveis.


CelluBlue tem um custo de 18.90€ e existe uma promoção em que podem adquirir dois por 29.90€.
Se por acaso, depois de cumprirem com o plano de tratamento que vos vou indicar a seguir, não ficarem satisfeitas com os resultados, o valor do CelluBlue é-vos completamente reembolsado.

- Plano de Tratamento - 
Para obtermos alguns resultados é conveniente que façamos a massagem com o CelluBlue uma vez por dia, todos os dias, durante, pelo menos, 3 a 4 semanas.

Com o seu sistema de ventosa, o CelluBlue permite-lhe desencadear a lipólise, que corresponde à remoção de gordura pelos adipócitos, e activar e optimizar as circulações venosa e linfática.

Os resultados serão ainda mais visíveis com uma dieta saudável e algum exercício físico!


- Como usar -
  1. Antes de usar o CelluBlue devemos preparar a nossa pele com um óleo de massagem para que deslize bem sem magoar.

  2. É muito fácil de aplicar o aparelho sobre a zona a tratar (todas as zonas do nosso corpo podem ser tratadas com o CelluBlue) basta pressionar as laterais, colocar na pele e soltá-las, por forma a causar sucção. Se por acaso sentirem demasiada sucção, aliviem um pouco puxando o CelluBlue para cima.

  3. Agora sim, estamos prontas a fazer a massagem. Esta massagem tem alguma técnica, por isso, atentem nos passos seguintes...
    • Mover o CelluBlue de baixo para cima. Por exemplo, se estivermos a tratar a zona da perna, devemos colocar o aparelho no joelho, deslizá-lo para cima até chegar à zona da coxa, retirar o aparelho da perna e voltar a colocá-lo no joelho para repetir o processo. Faço este movimento repetidamente durante 5 minutos.

    • Depois, na mesma zona a tratar, devemos ainda, durante 1 minuto, fazer movimentos da esquerda para a direita.

    • Para terminar o tratamento da zona, durante também 1 minuto, devemos fazer movimentos circulares no sentido ascendente.

  4. Para eliminar mais celulite, podemos terminar a massagem empurrando o CelluBlue para baixo e puxando-o para cima, sem soltar da pele.
  5. Depois da massagem, durante a hora seguinte, é importante que bebam meio litro de água. Isto vais ajudar a melhorar os resultados. [Vêem porque tive de beber tanta água?! Isto é o que me vai custar mais, mas vou conseguir!]

A duração das sessões pode ser adaptada de acordo com o grau de celulite observado, mas, no mínimo, devemos dedicar 5 minutos de tratamento por zona.
Não se esqueçam de que é perfeitamente normal que não se vejam resultados ao fim da primeira semana, sejam persistentes e continuem a levar o tratamento à risca durante as 3 ou 4 semanas recomendadas para puderem comprovar os resultados.

- Cuidados a ter -
  • CelluBlue não deve ser utilizado sobre feridas ou cicatrizes ou caso sofra de algum tipo de doença dermatológica ou circulatória.
  • É normal que a pele apresente vermelhidão devido ao aumento de fluxo sanguíneo na area tratada, originado pela sucção do CelluBlue. A vermelhidão desaparecerá após alguns minutos.
  • Caso surjam pequenos hematomas, é aconselhável reduzir a sucção do CelluBlue, durante a massagem. Neste caso, pode-se realizar uma sessão a cada 2 dias, em vez de diariamente.
  • CelluBlue pode ser lavado com um pouco de sabão e água, secando bem depois da lavagem.


Comecei o meu tratamento ontem e vou mesmo levá-lo certinho para vos poder dar a minha opinião mais sincera e fundamentada possível.
Para já posso dizer que durante a primeira utilização realmente a zona a tratar ficou vermelha, mas passou. Em certas zonas, a pressão causa uma ligeira dor, mas é muito suave e se não for podemos sempre reduzir a sucção do aparelho.

Para terminar, há ainda uma aplicação para smartphones que os tornará nos nossos treinadores anti-celulite!
Não tenho a aplicação instalada porque não tenho espaço, mas acho que deve ser super motivadora!

Já conheciam esta ferramenta super prática no combate à celulite?
Estou ansiosa para vos mostrar os resultados!

Não se esqueçam de participar neste e neste passatempo! Terminam hoje às 23h59min!

Xana Nunes.

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

My Week @Instagram #22

Olá Meninas :)
Este fim-de-semana, embora tenha sido grande porque não tive aulas na sexta-feira, foi um pouco corrido, por isso só hoje vos trago as fotos das duas últimas semanas. Sim, porque no domingo passado, quando estava em Londres, não consegui mostrar-vos nada do que partilhei no instagram, portanto, mostro hoje.
Vamos começar mesmo por aí, as fotos de há duas semanas a trás.


Terça - Semana de regressar a Coimbra, a cidade dos estudantes, e de a ver pintada de preto e branco pelos doutores.

Quarta - Sapatos lindões desenhados exclusivamente pelo Eugénio Campos para a Eureka. Já os namorava desde Junho mas tinham um preço a cima da média, portanto decidi esperar pelos saldos. Não fui a Coimbra nenhuma vez durante o Verão, mas quando voltei, a meio de Setembro, fui agradavelmente surpreendida quando os encontrei ainda em saldos e com o meu tamanho! Mesmo assim ainda foram caros, mas a minha mãe ajudou e mimou-me com estas belezas! Não são uma delícia?

Quinta - Dia de ir para Londres!!! Aiiii, ainda me lembro de todo o sentimento de novidade que senti! Esta foto foi a primeiríssima tirada no comboio que fez a ligação entre o aeroporto e Liverpool Street! Adorei, a sério! Já tenho saudades e quero voltar!

Sábado - Dia de visitar museus em Londres! Esta foto foi no coffee break no museu Albert & Victoria que, não sei se foi por ser o primeiro do dia ou não, mas surpreendeu-me pela positiva, porque não estava à espera que fosse grande coisa e gostei muito.

E as fotos da semana passada foram as seguintes...


Domingo - Mais um dia de sonho em Londres! Domingo foi dia de passear à beira rio e de admirar todos os maravilhosos edifícios por lá plantados! Em destaque o Sharp, o edifício mais alto da Europa que é lindo!

Segunda - Dia de regressar a Portugal :( Mas antes ainda houve tempo para (mais) uma ida ao Camden Market. Já lá tínhamos estado no Domingo, mas sem compras, por isso decidimos voltar na segunda e comprar uns miminhos. De mim para mim trouxe esta beleza de mala!! E calma, não é verdadeira, não tenho chachet que me permita, mas mesmo assim acho-a deslumbrante e não me incomoda o facto de ser do mercado!

Terça - Já em Portugal e de volta à rotina, comecei logo da melhor maneira e regressei com toda a motivação ao ginásio com o xuxu!

Quinta - Cheguei à casa da Figueira e tinha este "quadro" à minha espera! A minha tartaruga Amélia, com quase seis anos, está muito saudável e quando cresce vai trocando as escamas da carapaça. Desta vez a minha mãe "montou-as" e o resultado está à vista!

Sábado - Dia de arranjar as unhas! Escolhi o verniz 801 da Kiko e adicionei um laçarote cor-de-rosa super amoroso como detalhe!
De Sábado aproveito ainda para vos mostrar muito rapidamente a maquilhagem completa que fiz com os produtos da Kioma que mostrei aqui. Só usei estes produtos, nada mais e gostei muito do resultado final! Vou falar dele em mais detalhe em breve por aqui!

E estas foram as minhas duas última semanas :) 
Não se esqueçam de que há dois passatempos a decorrer aqui e aqui que terminam dia 30, já amanhã, por isso toca a participar :)
Xana Nunes.

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Como lavo os meus pincéis

Olá meninas :)
Há uns dias falei aqui no blog sobre uma limpeza de pincéis de produtos de pó a seco, que é ideal para trocarmos de cor e mantermos os pincéis mais limpinhos.
Hoje venho mostrar-vos tudo sobre como lavo os meus pincéis!

O primeiro passo, aprendi-o aqui com a Coquette à Portuguesa, não podia deixar de referir o post dela neste meu.

Passo 1:
Embora tenha usado um recipiente alto, aconselho a usarem um baixo e largo. Não convém ser muito alto, para o vapor da água quente não "entranhar" e danificar os cabos dos pincéis que são de madeira.
Neste recipiente, tapo o fundo com álcool etílico, junto um bocadinho de champô e água. Misturo tudo.
Com este passo, visto que estamos a usar água quente, vamos conseguir "desengordurar" mais do que se estivéssemos a usar água fria. A mistura do champô e álcool, vai desinfectar os vossos pincéis.
Deixo estar assim os pincéis uns 2 minutos.



Dica:
Não coloquem muita água, uns três dedos de altura devem ser mais do que suficientes. Não é aconselhável que a água toque na parte dos cabos que é de madeira.

Sobre o champô:
Eu gosto mesmo de usar o Johnson's Baby de camomila.
É barato, delicado e tem um cheiro muito bom e subtil.
Sinto que os pincéis ficam mesmo lavados e as cerdas continuam suaves.
Não acho que seja preciso usar amaciador ou outros produtos para as cerdas.

Passo 2:
Uso a tábua para lavar pincéis que fui eu mesma que fiz (será um dos próximos Do it Yourself a aparecer por aqui) e coloco-a estrategicamente de baixo da torneira, de forma a que consiga lavar os pincéis com água a correr tendo as duas mãos livres.
Coloco um pouco de champô na tábua.
Retiro um dos pincéis do "molho" do Passo 1, escorro bem toda a água suja que contém e vou "esfregando" (com o devido cuidado) na tábua.



Dica:
Se a espuma do champô que está no pincel e na tábua desvanecer, passo o pincel por água até tirar a espuma que possa ter, e volto a por champô na tábua e a lavar novamente. Faço isto tantas vezes até que a espuma não desvaneça, isso quer dizer que já está completamente limpo.

Passo 3:
Coloco o pincel lavado, sem passar por água de parte e passo à lavagem dos restantes pincéis (repetindo os passos anteriores).

Passo 4:
Passo todos os pincéis por água corrente até que não tenham mais espuma.
Escorro bem toda a água.

Passo 5: 
Passar as cerdas com cuidado numa toalha, para tirar a água em excesso que não saiu a escorrer.



Passo 6:
Estendo uma toalha num local fresco e arejado (nunca ao sol) e disponho os pincéis de forma a que as cerdas não sequem com alteração das cerdas.
Nunca os metam a secar na vertical com as cerdas para cima, senão a água escorre para os cabos e vai danificá-los.

E feito!
Pode demorar uma tarde ou um ou dois dias a secar, depende da densidade das cerdas.
Vão ficar com os pincéis lavadinhos, cheirosos e desinfectados.

De quanto em quanto tempo devem lavá-los?
Depende muito do uso que lhes dão... Confesso que lavo os meus menos do que devia (esta veia preguiçosa não perdoa :) )

* Passatempo a decorrer no facebook do blog, aqui *
* Passatempo a decorrer no blog, aqui *
Xana Nunes.

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Viagens | 5 dias de sonho em Londres

Olá charmosas ;)
Como já devem ter visto pelas partilhas do facebook, estive a passar cinco dias de sonho em Londres, em casa de um casal amigo (um grande obrigada a eles novamente S2).
Infelizmente, não consegui escrever-vos diariamente como planeado, mas hoje escrevo-vos um post maiorzinho a contar por onde andei!

Acho que ainda não tinha partilhado convosco, mas eu não sou nada dada a estas andanças das viagens, no entanto, aqueles cinco dias deram para sentir que a cidade é fantástica para, quem sabe, futuramente, apostar a nível profissional e pessoal. Estou mesmo rendida às terras de sua majestade :D

... Dia 1 ... No primeiro dia, chegamos a Liverpool Street por volta das 15h30, entrámos logo na Boots, que, para quem não conhece, é uma farmácia que vende, para além de medicamentos, muiiitaaa maquilhagem, o que me deixou logo de olhos a brilhar, mas tive de me conter, porque lá é tudo ligeiramente mais caro.
Depois, eu queria mesmo muito ir lanchar à Hummingbird Bakery, porque umas amigas minhas que já tinham estado em Londres, disseram que tinha os melhores cupcakes de sempre, ora gulosa como sou, já estão a ver :p Depois de algumas voltas à procura do sítio, porque estávamos sozinhas, sem mapas e só com o reles do meu telemóvel que consegue ser mais lento que uma tartaruga, lá demos com o sítio e deliciámo-nos com um cupcake! Uma coisa engraçada é que se pedirem, o que quer que seja para levar, é mais barato do que se pedirem para comer na loja...
Bem, e o primeiro dia, de interessante teve só isto, de salientar que conseguimos dar com a casa dos nossos amigos sozinhas e fiquei super orgulhosa :D



... Dia 2 ... No segundo dia aproveitámos para ir ver todos os monumentos exteriores e jardins. Passamos pelo palácio de Buckingham, pelo Big Ben (e tivemos direito a uma luz natural que proporcionou fotos lindas), fomos também a uma Primark gigante, à Hamleys, uma loja com uns 5 pisos só com brinquedos que tinha funcionários super alegres e divertidos, e andamos assim a conhecer Londres! Adorei :D
No final do dia, já depois de jantar, ainda fomos a um pub bem pertinho de casa e também passamos um bocado muito agradável ;)



... Dia 3 ...
Este foi o dia dos museus. Se querem um concelho, que é um bocado óbvio mas nunca é demais relembrar, não guardem os museus para o sábado. Foi uma confusão, estavam todos mesmo cheios e não conseguimos ver em condições porque com tanta gente ficámos mesmo cansadas e irritadiças. O que vale é que já sabemos que temos de lá voltar, assim já temos o que fazer! :P

Por ordem cronológica fomos...
Victoria and Albert - Foi o primeiro e o que vimos melhor e com mais calma. É gigante, como todos os outros, tem coisas interessantes e outras que passam ao lado, mas gostei de ir ver.
The Natural History Museum - Estava mesmo muita gente e foi impossível, não vimos muito mas do que vimos tem coisas muito interessantes.
The Science Museum - Pareceu-me o mais interessante mas como todas as salas têm mesmo muito que ver, acho que não vimos nem metade. Quero muito voltar a este.
Madame Tussauds - O cliché, não é? Não encontrei lá a minha Beyoncé, e fiquei um bocadinho triste, mas vale a pena. Vi em uma hora e meia, pensava que aquilo tinha muito mais, mas gostei. O filme 4D e a parte dos horrores estão muito porreiros. Fui a última da fila na parte do horrores e ia mesmo horrorizada! ahaha

Depois dos museus, já acabámos deviam ser umas 18h30, fomos até um pub conviver um bocadinho antes do jantar. É engraçado que aqui vê-se mesmo muita gente, depois das 17h, que é quando saem dos trabalhos, nos pubs a beberem cerveja e a conversar.
No pub onde estávamos, na casa de banho, há uma senhora que tem cremes, perfumes e nos dá papel para limpar as mãos, que espera moedas em troca. Achei aquilo estranhíssimo, mas a minha amiga diz que só acontece mesmo naquele sítio e também não sabe porquê.
Quando chegou a hora de jantar, fomos comer um hambúrguer ao Ed's. Bem, isto foi a pior parte de Londres, não gostei nada do hambúrguer. Era pesado, mesmo consistente. Toda a gente adorou menos eu, por isso, se calhar não liguem muito, mas fiquei enjoada até ao outro dia de manhã. Aquilo que adorei foi a salada deles de couve e os aros de cebola fritos! Isso sim! Da próxima janto só cebola e couve :P
Para acabar o dia, fomos conhecer outro pub e conversar um bocadinho. Sabiam que lá, no máximo dos máximos, os bares fecham às 2h?

... Dia 4 ...
Aproveitámos para dormir um bocadinho mais de manhã, e mais junto à hora de almoço fomos até Camden Market. Nunca tinha ouvido falar dos mercados de Londres, mas a querida Patrícia, assim que eu lhe disse que ia a Londres, disse-me que tinha de ir a um dos três mais conhecidos: Camden, Brick Lane ou Portobello.
Adorei aquele mercado, cheio de gentes, cheiros e cores!
Tem montes de comidas de ruas, de todas as partes do mundo que possam imaginar! Eu rendi-me a um falafel israelita e adorei! Os meus amigos dividiram-se pela comida tailandesa, mexicana e indiana.
Almoçámos à beira rio e no fim ainda demos mais uma voltinha pelo mercado que vende um pouco de tudo. Se forem a Londres, apontem este nome, porque vale muito a pena ir a Camden Market.
Apanhámos o metro e fomos até ao British Museum que também é enooormeee! Sabiam que é o segundo mais visitado na Europa? Valeu a pena visitar.
No fim do dia, restava-nos a London Bridge e a Tower Bridge. O tempo estava mais fechado mas ainda conseguimos andar bem. Apanhámos uma exposição chocante de quase 900 000 papoilas feitas em cerâmica à mão para simbolizar cada soldado britânico que morreu na Primeira Guerra Mundial, parecia que estávamos diante de um mar de sangue.




... Dia 5 ...
Começámos por ir visitar o Hyde Park, mais um dos grandes e agradáveis parques verdes da cidade que balança na perfeição o cinzento dos edifícios.
Passei pelo Harrods, um shopping cheio de grandes marcas e mais ao final da manhã voltámos a Camden Market para fazer umas compras que hesitámos no dia anterior e depois nos arrependemos.
E este dia foi bem curtinho porque às 17h tínhamos de estar no aeroporto para o regresso a Portugal.



Ficaram a faltar algumas coisas, mas no geral, correu como programado e fiquei mesmo muito satisfeita com esta viagem! Já quero voltar! Adorei tudo!

Já visitaram Londres? *.*


* Passatempo a decorrer no facebook do blog, aqui *
* Passatempo a decorrer no blog, aqui *
Xana Nunes.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Review | Batons Kioma

Olá a todos :)

Recentemente mostrei-vos em pormenor um batom da Kioma aqui.
Era o My lipstick na cor 26.
Como acho que já vos tinha dito, tenho mais duas cores desta gama de batons que ao todo nos brinda com 32 cores.
Hoje venho mostra-vos essas duas cores em jeito de mini-review.
E digo mini porque a há muitos tópicos que são exatamente iguais à review do batom nº 26, portanto, nesses itens, vou remeter-vos para essa review.


Kioma My lipstick 09 | Kioma my lipstick 11

Aquisição:
Ver review batom my lipstick nº 26, aqui.

Preço:
2,50€.

Embalagem:
Ver review batom my lipstick nº 26, aqui.

Cor:
Como já disse, esta gama é composta por 32 cores.
Vou mostrar-vos o número 9 e o número 11.
São dois rosas, no entanto, o nº 9 é um rosa mais nude e o nº 11 é um rosa mais vivo.
Eles são os dois muitos parecidos, mas calma, não me chamem já maníaca dos batons!
Tenho-os aos dois porque um comprei para oferecer, o 9, no entanto a amiga a quem o ia dar, caiu no erro de dizer que já tinha um parecido e eu, sem pensar duas vezes, e agora sim, porque sou maníaca dos batons, disse-lhe que então não fazia mal nenhum: eu ficava com ele e íamos lá à loja escolher outro para ela!


Kioma My lipstick 09 | Kioma my lipstick 11


Acabamento:
Ver review batom my lipstick nº 26, aqui.


Kioma My lipstick 09 | Kioma my lipstick 11


Aroma:
Ver review batom my lipstick nº 26, aqui.

Pigmentação:
Ver review batom my lipstick nº 26, aqui.


Kioma My Lipstick na Cor 09

Kioma My Lipstick na Cor 11

Duração:
Ver review batom my lipstick nº 26, aqui.

Gostaram das cores, amores?

* Passatempo a decorrer no facebook do blog, aqui *
* Passatempo a decorrer no blog, aqui *
Xana Nunes.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

tag | Universidade

Olá meninas :)
Hoje, como já viram pelo título, vou responder a uma tag, a tag "Universidade" criada, e muito bem, pela Adriana do Glam Makeups.
O post vai ser um bocadinho comprido, são 14 questões e alarguei-me em algumas :)
Espero que gostem *

1- Quando é que ingressas-te na Universidade?
Em 2008.

2- Em que Curso e Universidade estás/estiveste?
Mestrado Integrado em Engenharia Civil.


3- Sempre soubeste o que querias seguir, ou foi uma escolha de última hora?
As duas profissões que me lembro de querer ser durante mais tempo ao longo da minha infância / juventude foram "top model" (como dizia com os meus 6 anos xD), estilista (já com os meus 12 anos) e professora de Português e Inglês (desde os meus 14 aos 16). No entanto, aos 17 comecei a ouvir bastante sobre as ditas "saídas profissionais" e acabei por escolher ingressar em Engenharia Civil. Não foi uma escolha de última hora, mas foi uma escolha com apenas uns 6 meses de antecedência.

4- Porque é que escolhes-te o curso em que estás agora/estiveste, com que objectivos?
Como já disse, acho que foi muito com o objectivo de ter um trabalho garantido. No entanto, esse objectivo foi automaticamente anulado, porque foi quando entrei que se deu o bom do desemprego e que apenas cursos como medicina e pouco mais continuaram a ter emprego garantido.
Com isso fui-me um bocado a baixo porque tinha (e tenho) a perfeita noção de que não estou no meu curso de sonho.
Deixei-me um pouco levar pelos concelhos do meu pai, que sempre me disse que as engenharias eram uma aposta ganha...
Não quero com isto dizer que estou mega frustrada com tudo, se o estivesse, já tinha desistido, acreditem. No entanto, sei que teria muito mais paixão noutra área... A vida ainda dá muitas voltas, não sei onde vou acabar.
O estágio de Verão que fiz este ano deu-me força e mostrou-me que a Engenharia Civil é muito mais do que pensamos.
Bem, isto tudo para dizer que, já que há desemprego em todas as áreas, escolham uma, exclusivamente, pelo vosso gosto pessoal.

Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade de Coimbra

5- O que achas da tua Universidade? Pontos positivos e pontos negativos?
A minha universidade, a Universidade de Coimbra, é bastante grande, por isso prefiro falar mais especificamente da minha faculdade, a Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade de Coimbra - FCTUC.


De coisas positivas posso dizer que...
As instalações, ao contrário de outras faculdades da UC, são excelentes! Temos aquecimento central e ar condicionado nas salas, todas as zonas são visualmente agradáveis e mega confortáveis.
Os nossos laboratórios estão bem equipados e permitem-nos desenvolver trabalhos com grande qualidade.
Temos uma sala aberta 24h por dia, 7 dias por semana, o que é ótimo para trabalhos de grupo e não só.
Já de coisas menos boas, saliento...
Temos apenas uma cantina para cinco departamentos, o que, principalmente no inícios de semestre, onde ainda toda a gente vai as aulas todas, faz com que as filas sejam gigantes e a hora de almoço que temos seja insuficiente.
Embora a FCTUC esteja razoavelmente servida por transportes públicos (autocarros da SMTUC), a sua localização fora do centro da cidade, quanto a mim, por vezes pode ser um ponto menos bom.
Os professores... bem, isto pode ser "por o dedo na ferida", mas a verdade é que ali os professores nem sempre são como gostaríamos... Penso que eles se focam em demasia em doutoramentos e investigação, terreno que é bonito, nada... Sinto o curso muito teórico, e acho que posso dizer isto com alguma certeza devido aos conhecimentos que adquiri no terreno este Verão no estágio.

Departamento de Engenharia Civil - FCTUC

6- No geral, como tem sido/foi a tua experiência?
Não vou estar aqui com falinhas mansas. Tem sido difícil. Foram muitas mudanças e o curso é mesmo muito exigente. Mas claro que também há coisas muito positivas: colegas que ficam, aventuras que marcam e sem dúvida, o crescimento pessoal que senti.


7- Em relação às praxes, foste praxada? O que achaste dessa experiência? 
Sim, fui praxada.
As praxes dependem muito dos "doutores" que as elaboram.
Os "doutores" que me praxaram não foram dos piores, se bem que haviam quatro "doutoras" que me intimidavam bastante, mas nunca deixei que me moldassem à vontade delas e nunca fiz nada contra a minha vontade.
Ajudou a itegrar? Sim!
Fiz coisas absurdas? Não porque me mantive fiel a mim mesma, e é esse o concelho que vos dou. Não façam algo que fuja dos vossos padrões só porque querem ter mais ou menos "amigos". Isso não tem absolutamente nada a ver.

8- Qual a diferença entre a Escola Secundária e a Universidade para ti?
Toda a diferença!
A carga de trabalho que tem de ser feito em casa e sozinha é estrondosamente maior.
Saí de casa e fui morar sozinha, com outros estudantes, e isso foi uma aventura e tanto. Tive uma colega que tenho a certeza que vou manter para sempre, tive outras indiferentes e outras péssimas, mas faz tudo parte!
A gestão doméstica tem de ser muito bem pensada e cumprida.
Cresci muito com a independência que se ganha morando numa outra cidade.


9- Achas a Universidade uma mais valia para quem quer seguir e ter o emprego desejado?
Há empregos e empregos. Se quiserem ser cabeleireiros (e atenção que não vejo mal nenhum nisso), acho que o ensino superior nao é relevante, mas obviamente que se quiserem ser médicos, não há outra forma de o conseguirem se não esudarem.
Mas, muito honestamente, sou-vos sincera: se fosse hoje, não sei se me teria inscrito no ensino superior. Talvez mais tarde... No entanto, agora já estou na recta final e veremos como tudo corre.

10- Achas a experiência de estudar fora da tua cidade importante?
É importante porque se cresce muito e se aprende ainda mais, no entanto, se eu tivesse tido a possibilidade de continuar na casa dos meus pais enquanto tirava o meu curso, tinha-o feito.
Já bem basta os quase 1200€ anuais de propinas, uma casa ainda é outra despesa bem grande e, num curso de 5 anos como o meu, até doi a barriga de pensar no investimento monetário que lá vai.


11- Como são os relacionamentos entre amigos na Universidade?
Preparem-se, porque aquela história sobre "os amigos da universidade é que vão ser os amigos para a vida", nem sempre assim é. Sim, tenho meia dúzia deles que quero e vou manter, mas tenho uma conta infindável daqueles que sei que não posso, de todo confiar. Até porque há um espírito de competição muito aguçado e nem sempre somos apoiados pelos colegas como gostaríamos.
Mas sim, no geral, tenho boas relações com os meus amigos da universidade e fartamo-nos de rir até não poder mais das peripécias que temos vindo a fazer ao longo dos 6 anos que já estive em coimbra.


12- A Universidade mudou-te como pessoa?
Não me mudou porque quando fui para lá tinha apenas 17 anos e não estava completamente formada. A essencia continua a mesma, mas aprendi a ter mais estômago em muitas situações, aprendia a não dar ouvidos a tudo e acho que sou uma pessoa muito mais forte e confiante do que quando entrei.

13- Que lema/lição levas desta etapa da tua vida?
Principalmente a lição de que há muitas dificuldades ao longo das etapas da nossa vida, e que temos de ter força e confiança para as ultrapassarmos todas sem grandes dramas (e olhem que eu sou uma drama queen :p)
Também a máxima de que "Se queres, faz, mas faz bem", ou seja, tudo na vossa vida que terão, será fruto do vosso trabalho, não se encostem aos outros e para além disso, tudo ficará melhor se for feito com gosto.

14- O que aconselhas aos estudantes que vão entrar para a Universidade?
Cabeça no lugar!
A sério, há tempo para tudo e não fiquem histéricos porque vão morar sozinhos ou porque acham que já são adultos!
Giram muito bem o vosso tempo, não deixem de sair à noite e "irem para os copos", mas também não se esqueçam dos vossos pais, que é vos "patrocina" nesta fase; não se esqueçam de estudar, que é para isso que estão na faculdade e, sobretudo, não se esqueçam de vocês, se não estiverem a gostar mudem, parem um ano e pensem em vocês, se for preciso. 

E pronto, amores, esta foi a tag! :)
Espero que tenham gostado e bom regresso às aulas para todos :)

* Passatempo a decorrer no facebook do blog, aqui *
* Passatempo a decorrer no blog, aqui *

Xana Nunes.

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

My Week @Instagram #21

Olá a todas :)
Ontem não consegui lançar este post porque foi dia de voltar à cidade dos estudantes e fazer umas compras domésticas que estavam em falta, mas hoje, já depois da primeira aula e com calma, trago-vos as melhores fotos da semana! Vamos a elas? :)


Domingo - Os meus pais foram passar férias os dois. Não pude ir com eles porque, como já vos disse, estive todo o Verão a estagiar. Deixaram as duas filhas [eu e a Luna] em casa, mas para compensar, no regresso, encheram as duas de mimos!

Terça - Com a agitação do estágio, quase nunca me sobrou tempo. Terça feira foi das poucas noites em que consegui estar pouco depois das 21h na cama e desfrutar um bocadinho do silêncio e tratar das minhas coisas com a calma que gosto.

Quarta - Acordar pouco depois das 7h tem as suas vantagens, às vezes somos brindadas com este céu lindo :)

Quinta - Chegaram estes sapatos lindos pelo correio! Não são um doce? Já vão comigo para Londres!

Sexta - Foi o último dia como estagiária do Departamento de Obras Municipais da Câmara Municipal da Figueira da Foz. Como tal, juntei as outras meninas estagiárias e fomos almoçar a um sítio especial que recomendo! O Volta e Meia na Figueira da Foz. Fiquei muito fã e agora têm menu do dia ao almoço que incluiu TUDO por 7.50€!

Sábado - Dia de fazer as malas a sério! A de Londres e a de Coimbra! Foi a loucura total! E a desarrumação total também!

E as vossas semanas, como foram? :)
Não se esqueçam que há ...

* Passatempo a decorrer no facebook do blog, aqui *
* Passatempo a decorrer no blog, aqui *
Xana Nunes.

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Inspiration | Outono com a Sheinside

Olá beauties :)
A estação está mesmo a mudar, esta semana já se fez sentir chuva e o Outono parece estar à espera do dia dele com toda a força.
Ainda não está muito frio, mas já se sabe que esta mudança de estação pede sempre que se dê meia volta ao armário e se ponham as camisolas mais quentinhas e os casacos mais "à mão de semear".
Esta época é sempre uma boa altura para tirar o que já não usamos, seja porque não nos serve, ou porque já não gostamos, e fazer uma lista do que precisamos adquirir nas novas colecções que invadem as lojas de roupa.

Foi a pensar nisso que decidi dar uma olhada na loja online She Inside e seleccionar algumas peças para nos inspirarmos e enfrentarmos o regresso do Outono mais giras que nunca!
Decidi mostrar quatro looks, dois mais a pensar no dia, e outros dois mais arrojados a pensar em algum evento mais especial à noite.


Look de Dia 1:
Brincos aqui
Pulseira Prateada aqui
Pulseira Azul aqui
Blusa aqui
Leggings em couro sintético aqui

Look de Dia 2:
Brincos aqui
Pulseira aqui
Camisa aqui
Saia aqui


Look de Noite 1:
Vestido aqui
Pulseira aqui
Colar aqui

Look de Noite 2:
Brincos aqui
Pulseira aqui
Camisa aqui
Calções aqui

O que acharam das sugestões?
Contem-me qual foi a que gostaram mais :)

* Passatempo a decorrer no facebook do blog, aqui *
* Passatempo a decorrer no blog, aqui *
Xana Nunes.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

DiY #4 - Caixa guarda anéis

Olá Bonecas :)
Hoje venho partilhar convosco o tão aguardado Do it Yourself da caixinha para arrumar anéis que mostrei no facebook do blog, aqui.
Como já sabem, fiz a primeira para oferecer à minha melhor amiga, que fez anos no dia 13 de Agosto, mas não resisti e tive de fazer também uma para mim!

A da minha amiga, como já mostrei no facebook, ficou assim...


A minha mãe, como é toda ela dotadíssima para estas coisas das bricolages, adicionou um detalhe que, quanto a mim, faz toda a diferença em questões de estética e funcionalidade. Adicionou aqueles dois fios prateados que vêem a impedir a tampa de abrir na sua totalidade para trás. Assim ficou perfeito!

Então vamos lá arregaçar as mangas e pôr mãos à obra?!



Vais precisar de...
* Caixa de Madeira (loja do chinês, aproximadamente 5€, depende do tamanho)
* Esponja (loja do chinês, cerca de 2€)
* Tinta acrílica (loja do chinês, cerca de 3€)
* Papel decorativo (loja do chinês, cerca de 1,50€ a folha)
* Cola quente
* X-Acto
* Tesoura
* Pincel
* Fita isoladora
* Régua
* lápis ou caneta

Passo alternativo:
Se quiserem fazer detalhes com tintas diferentes na vossa caixa, devem isolar a área mais pequena com fita isoladora de modo a que ao pintar com a outra cor, não suje essa parte. 
Foi o que fiz para não pintar de prateado a parte da caixa que corresponde, supostamente, à zona das folhas do livro.
Se quiserem fazer alguns detalhes, façam-nos depois de pintada a maior área.

1º Passo:
Com o pincel e a tinta acrílica pintar a caixa.
Deixar secar bem e dar mais uma camada de tinta.
Repetir caso a tinta ainda não esteja bem opaca, que foi o meu caso. Tive de dar três de mãos.

2º Passo:
Com o papel decorativo, fazer os recortes com que quisermos decorar a nossa caixa e colá-los com cola quente.
Eu decidi recortar uma moldura com papel decorativo e colocá-la por cima de uma imagem inspiradora que imprimi.

3º Passo:
Medir o interior da caixa onde vai ficar a esponja com os anéis e cortar um pedaço de esponja com essas medidas.
Dica: Comprei um tampo de cadeira de esponja que é barato e perfeito para o efeito. Na caixa da minha amiga nem foi preciso diminuir a espessura, a que vinha era ideal. No caso da minha caixa foi preciso tirar um bocadinho mas é simples com um X-Acto bem "esticado".

4º Passo:
Ensaiar a disposição dos anéis na caixa, para ver que espaço é necessário deixar entre cada fila e fazer rasgos com o X-Acto para os introduzir na esponja.
Dica: Inicialmente  pensei em fazer rasgos pequenos e individuais para cada anel, mas depois preferi fazer um rasgo contínuo por fila porque acho que dá para arrumar melhor e todos os tamanhos de anéis.

Et voila! Em quatro simples passos têm uma caixa linda e super personalizada para guardar todos os vossos anéis!



Detalhe que decidi não pintar


Arrumação



Na foto a cima, estão os detalhes enfatizados.
No da esquerda, dá para verem um erro que fiz e prevenir-vos para que o façam também... Quando marcarem, no papel decorativo, os detalhes que vão recortar e colar, não o façam com esferográfica, pois, quando meterem cola, a tinta vai "espalhar-se" e "borrar", como vêem na imagem. Depois é muito difícil, senão impossível, tirar aqueles pequenos defeitos.
Na foto da direita, quero mostrar a perfeição que se consegue com a fita isoladora se quiserem fazer assim um detalhe deste género, sem tinta, ou com tinha de outra cor.

Para terminar, deixo-vos o sítio onde arrumo a minha caixinha dos anéis: ali na estante, mesmo ao lado do toucador onde me arranjo todos os dias! Está super acessível!



O que acharam desta ideia?
Estou a pensar em fazer algo semelhante para guardar os relógios. Gostavam que também mostrasse?
Se reproduzirem esta minha ideia, partilhem fotos comigo, por e-mail ou pelo facebook :)


* Passatempo a decorrer no facebook do blog, aqui *
* Passatempo a decorrer no blog, aqui *

Xana Nunes.