segunda-feira, 6 de maio de 2013

Amêndoas - Muito mais do que imaginamos!

Olá a todos :)
Já tenho este post anotado nos rascunhos há quase um ano, que foi quando comecei a comer regularmente amêndoas como snack.
Tudo isto começou porque sou mega gulosa e, uma vez que (como já vos disse aqui) comecei a "enjoar" os iogurtes, dei por mim a comprar muito mais bolachas do que realmente deveria. (E quando eu compro bolachas, não consigo comprar umas míseras de água e sal, Maria ou integrais, têm de ser com chocolates e muitas porcarias.)
Entretanto, não sei se por acaso, se por sinais divinos, vi, em mais do que uma revista, artigos sobre amêndoas.
Hoje decidi escrever sobre o assunto e partilhar convosco todos os benefícios das amêndoas como snack.
Ora então, quase que é escusado dizer que a amêndoa é um fruto seco. Não tão escusado é dizer que este fruto seco é riquíssimo em proteínas, vitaminas e minerais que podem fazer muito pela nossa saúde.
As amêndoas estão associadas não só a benefícios cardioprotetores, como também à redução do risco de engordar. (Não se esqueçam de que para não engordarem ou emagrecerem, não basta terem cuidado com a boca, mas também mexer esses rabinhos.)
Podia estar aqui a escrever sem parar sobre termos técnicos e afins, mas não quero tornar o post muito pesado porque quero que o leiam, acho que é um assunto que pode mesmo ajudar-vos e interessar-vos.

Basicamente os minerais que constituem estes frutos secos estimulam a produção de energia e por serem frutos ricos em gorduras monoinsaturadas (que é um excelente antioxidante), como vários estudos têm comprovado, dietas que englobem amêndoas na alimentação, levam a maiores perdas de peso e mais facilidade em manter esse mesmo peso.
As amêndoas são uma elevadíssima fonte de proteína (tem mais proteínas que um ovo) o que as torna muito nutritivas e uma boa fonte de sustento, pois com poucas ficamos saciados.
Estudos revelam que o consumo de amêndoas é excelente para reduzir o mau colesterol, prevenir doenças cardíacas e ainda contribui para termos uma pele mais saudável.

Quando me dá aquela fomeca, costumo comer mais ou menos dez amêndoas. E, por muito que olhem para elas e pensem que é pouquinho, vão ver que vão ficar saciados.
Há vezes em que levo amêndoas comigo e depois não me apetece nada comer isso, apetece-me uma coisinha mais apetitosa, mas acreditem que depois de começar a comê-las, até vão gostar e ter vontade de comer mais.
Quanto ao modo de as levar, isto pode parecer um bocado mal, mas a verdade é que as levo numa daquelas caixinhas de levar tampões, sabem? Da o.b. A medida é ideal e a caixa fecha bem o que as mantém conservadas.



Bem, como a minha madrinha de baptismo é do Algarve (e lá há muitas amendoeiras), quando a visito no Verão, costumo trazer um saquinho delas.
Com esta saudável paranoia pelas amêndoas, no Verão passado decidi perder uma tarde com a minha Luna a partir uma bela sacada delas. Depois fervi-as em água e pelei-as (que assim é mais fácil). Posto isto, torrei-as no forno e guardei num pote com tampa, bem vedado, para não ficarem moles com o tempo.


Como a minha gulodice fala mais alto, em vez de comer sempre as amêndoas como snack, que era o que se devia fazer, de vez em quando (ou muitas vezes :$) compro umas bolachinhas, o que fez com que o stock de amêndoas ainda não tenha terminado. Isto tudo para vos dizer que agora, mesmo vedadas no frasco, estão a ficar um bocadinho moles, mas ainda não estão estragadas. Portanto, atrevo-me a dizer que se aguentam bem durante um ano.

Pronto, basicamente era tudo o que vos queria transmitir acerca deste fruto seco.
Se perderem 5 ou 10 minutinhos a fazer uma pesquisa, vão encontrar mais detalhes sobre benefícios das amêndoas para problemas mais específicos.
Espero que tenham gostado ;)

Quem já comia amêndoas nos intervalos das refeições? 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada por tomares esta Chávena de Charme!
Os comentários serão respondidos assim que possível, no mesmo post!