domingo, 21 de outubro de 2012

Em Portugal [não] se fala português

Já repararam que imensa gente reclama quando vê portugueses na TV que vão a outros países e falam a outra língua?
E já repararam que quando recebemos estrangeiros, também temos sempre a tendência de falar a língua de fora cá dentro?
Para vocês isto é sinal de força ou fraqueza?
Este é um assunto sobre o qual me farto de discutir com o meu pai.
Ele acha que somos uns tansos (palavra dele), que nos rebaixamos sempre a toda a gente.
Vê lá se quando vais a Espanha eles falam contigo em Português?
Ele gosta muito de se revoltar sobre este assunto e eu já nem lhe dou muita conversa.
Temos opiniões diferentes.
Eu acho que o facto de nos moldarmos assim tanto nessa situação é, de todo, sinal da nossa história.
Na época dos descobrimentos corremos esse mundo fora, cruzamo-nos com imensos povos e culturas, apercebemo-nos que não somos só nós que existimos no mundo e aprendemos a respeitar isso.
É sinal de inteligência: se falamos espanhol, arranhamos no francês e tentamos no inglês, ainda bem, somos um povo esforçado, hospitaleiro, que gosta que todos se sintam em casa.
Tenho a certeza que é uma qualidade nossa!
Claro que às vezes pode ser prejudicial, mas, maioritariamente, tenho todo o orgulho em ser portuguesa e não acho vergonha nenhuma tentarmos falar as línguas dos que nos visitam, ou falar as línguas dos que visitamos.
Pronto, foi só uma opinião e desabafo bem rápidos!
Partilham da minha opinião ou da opinião do meu pai?

6 comentários:

  1. Para mim inteligência era darem valor à nossa cultura e à nossa língua, o facto de falarmos a língua dos outros só faz com que os estrangeiros nunca aprendam a nossa língua e que esta acabe por “morrer”, pois é giro inglês mas mais giro é fazer ver que também temos uma língua no nosso país e que embora “difícil” é bastante bonita. Acho que se querem vir ao nosso país passar férias/fazer erasmus/viver devem saber o mínimo da nossa língua e cultura, tal como nós se formos a Inglaterra temos de saber falar inglês caso contrário ninguém nos entende e tão pouco tentam fazer um esforço para entenderem (como nós aqui super bonzinhos fazemos).

    Não tenho nada contra outras línguas/culturas até adoro o facto de existirem muitas, e como estudante desta mesma área acho bonito a diversidade e acho que se continuarmos assim a nossa cultura/língua vai passar a ser muito pouca ou nenhuma, já se vê isto pelo acordo ortográfico, nem sequer nos regemos pelo nosso agora temos que nos reger por um acordo vindo do Brasil...
    Não tenho nada contra o Brasil, mas a língua portuguesa é de Portugal e por isso deviam reger-se todos pela nossa e não ao contrário… Mas isto é só a minha humilde opinião.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Beatriz! :)
      Tens uma opinião um pouco diferente da minha, mas muito bem fundamentada!
      Obrigada por teres partilhado connosco! :D
      E embroa discorde um pouco contigo na primeira parte, no que toca ao acordo ortográfico, já sou completamente da tua opinião.

      Mais uma vez obrigada e um bejinho *

      Eliminar
  2. Eu confesso que sou da opinião do teu pai :) Mas quando o digo, muita gente discorda!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso eu acho que deve haver mais pessoas da opinião do meu pai do que da minha. Mas são opiniões, damo-las, esperamos que as ouçam e ouvimos as dos outros e aceitamo-las igualmente!
      Mas é uma questão pertinente, esta! :)

      Eliminar
  3. Hello, Hola, Salut ... Olá Xanocas :)

    Este é um tema realmente polémico, mas eu partilho da tua opinião.
    Acho que nós (portugueses) nos moldamos mais facilmente que os 'outros', talvez devido ao nosso passado, mas também devido ao presente. Somos muito desenrascados em vários aspetos da nossa vida e esse é mais um deles.

    Já agora, queria deixar aqui mais dois argumentos que justificam a minha opinião:
    1º o português é mais difícil que outras línguas (francês, inglês, espanhol e alemão, pelo menos). A gramática é uma peste e alguns dos nossos sons não existem nas outras línguas (como o ão, por exemplo);

    2º Acho que isso dos estrangeiros não tentarem falar a nossa língua vai se tornando um mito, pelo menos entre os jovens. Já se vê muita gente de outras nacionalidades, com um dicionário na mão a tentar fazer-se entender em portugues.Pelo menos é o que a minha experiência me diz ;)

    Beijocas e vai partilhando as tuas opiniões sobre temas assim é interessante :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá minha querida! :D
      Olha, nem sabes o quão bem me soube ler o teu comentário! :)
      É claro que compreendo e aceito as outras opiniões, mas ainda ninguém tinha manifestado concordar comigo, o que, sinceramente, me entristeceu um bocadinho.
      Acho que esta nossa qualidade é a melhor de todas e da qual mais me orgulho! :D

      Mais uma vez, obrigada por contribuíres para que este post ficasse ainda mais rico!

      Beijinho grande ** Saudadji ***

      Eliminar

Obrigada por tomares esta Chávena de Charme!
Os comentários serão respondidos assim que possível, no mesmo post!